O Baltimore Ravens vence o Dallas Cowboys no Thursday (Tuesday) Night Football!

Em uma partida de Thursday Night Football que ocorreu em plena terça-feira à noite, o Baltimore Ravens recebeu e fez pouco caso do Dallas Cowboys. Com um placar final de 34 x 17, a partida começou a tomar rumo para uma vitória do mandante logo no primeiro tempo.

O primeiro tempo

O início da partida foi marcado por confusão, quando o WR Dez Bryant (agora jogando pelos Ravens) foi inativado antes da partida por ter testado positivo para a COVID-19. A notícia pareceu não abalar os companheiros de time, mas criou mais um questionamento sobre o protocolo adotado pela NFL.

No primeiro quarto, Dallas deu alguns indícios de que poderia surpreender. A defesa interceptou Jackson, turnover esse que resultou em um field goal na campanha seguinte. Mesmo após ceder um TD terrestre muito fácil, o ataque contra atacou e também marcou um TD, garantindo que os Cowboys terminaram o primeiro quarto com 10-7 no placar.

DE Calais Campbell

Week 13 | Dallas Cowboys vs. Baltimore Ravens | December 8, 2020 | M&T Bank Stadium
Calais Campbell lidera o pass rush dos Ravens. (Créditos: Shawn Hubbard/ Baltimore Ravens)

Entretanto, o segundo quarto resumiu a temporada 2020 da franquia de Texas. Das 3 campanhas que teve no ataque, teve interceptação, field goal perdido e turnover on downs (em uma Hail Mary que passou pelas mãos de CeeDee Lamb na última jogada do segundo quarto). Baltimore aproveitou a inaptidão dos Cowboys e terminou o primeiro tempo vencendo por 17-10.

O segundo tempo

No terceiro quarto, mais frustração para os visitantes. Os Cowboys conseguiram emplacar um bom ritmo no ataque, com duas longas campanhas no ataque, mas que resultaram em mais dois erros em field goals do K Greg Zuerlein. Isso foi o suficiente para os Ravens colocarem o jogo no bolso.

Como apontado na nossa prévia, um duelo que decidiria o jogo seria entre o jogo terrestre dos Ravens contra a defesa terrestre porosa de Dallas. E foi dito e feito. Foram quase 300 jardas corridas, com grandes contribuições de Lamar Jackson (13 corridas, 94 jardas e 1 TD), Gus Edwards (7 corridas, 101 jardas), JK Dobbins (11 corridas, 71 jardas e 1 TD) e até Mark Ingram (6 corridas, 28 jardas).

Com a vantagem construídas nos 3 primeiros quartos, o último período foi basicamente um garbage time.

O que vem por aí

Dallas (3-9) tem cada vez menos chances de vencer a NFC Leste e caminha para um fim de temporada melancólico. Para os Ravens (7-5) a vitória é essencial para dar um rumo nesses últimos jogos. A próxima partida é, talvez a mais importante desse final de ano, contra o rival Browns (9-3) fora de casa. Uma vitória pode encaminhar e muito as chances de playoffs, enquanto que um revés complicaria muito a situação.

Alberto Torres

Alberto Torres

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: