O Los Angeles Rams vence o Seattle Seahawks e avança nos playoffs!

Mesmo jogando fora de casa, com problemas na posição de QB e contra um rival de divisão que é muito forte nos seus domínios, os Rams tiveram uma atuação dominante. O resultado final de 30 a 20 não representa tão bem a excelente atuação da equipe de Los Angeles.

Darious Williams retorna uma interceptação para touchdown. (Créditos: Brevin Townsell/ LA Rams)

O primeiro tempo 

O começo da partida não foi dos mais emocionantes. Com John Wolford de QB, o ataque dos Rams não apresentava grande fluidez. Enquanto isso, Russell Wilson sofria muito com a defesa de LA. 

Em uma jogada temerária logo na segunda campanha de ataque, Wolford sofreu uma lesão no pescoço e foi substituído por Jared Goff, que estava longe de 100% saudável e recuperado. 

O ataque de ambos os times continuavam apenas a cansar seus punters. Quando a partida estava 6-3 para LA, Darious Williams interceptou um passe de Wilson, em uma jogada sensacional, e retornou para touchdown. Foi nesse momento que os ares da partida mudaram.

Felizmente para o ataque dos Rams, o novato Cam Akers teve seu melhor jogo no ano até agora. Logo no começo da partida, com a desconfiança e instabilidade na posição de QB, Akers foi constantemente acionado e correspondeu às expectativas, punindo a defesa adversária com suas corridas e colaborando também no jogo aéreo. 

O segundo tempo 

Durante toda a segunda etapa o ataque de Seattle parecia atônito em campo. Um conjunto de péssimas chamadas, trabalho ruim nos bloqueios (tanto para o passe tanto para corridas), drops dos recebedores e decisões contestáveis de Wilson colaboraram para a derrocada ofensiva. 

Ainda assim, a defesa de LA merece créditos. Perdendo Aaron Donald logo no terceiro quarto, a tendência era que o desempenho piorasse. O que occorreu foi o contrário, o pass rush atormentou Wilson com 5 sacks e conseguiram limitar a eficiência do jogo terrestre. 

A secundária também foi muito bem, embora tenha cometido alguns deslizes e permitido jogadas explosivas. Enquanto isso, o RB Cam Akers continuava a punir os adversários correndo com a bola. No fim da partida, Goff, que não vinha passando muito a bola, encontrou Robert Woods completamente livre para marcar o TD decisivo. 

Embora tenha tentado uma reviravolta nos últimos minutos, Seattle já estava com seu destino selado: a eliminação. 

O que vem na sequência 

Como os Rams se classificaram com a seed 6, o time vai enfrentar o Green Bay Packers no temido Lambeau Field. Para Seattle, só resta pensar no próximo Draft e na intertemporada. 

Article Categories:
Reviews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: