Packers derrotam Saints em um grande SNF

Depois do SNF eletrizante entre Patriots e Seahawks na semana dois da NFL, a expectativa para o encontro entre Drew Brees e Aaron Rodgers era das melhores. E o jogo não decepcionou.

Green Bay Packers
Divulgação: Instagram Green Bay Packers (@packers)

Bem verdade que não teve a mesma emoção do jogo da semana anterior, isso porque apesar da diferença de apenas uma posse de bola,a equipe da casa dependia de uma recuperação de onside kick para tentar empatar a partida.

O JOGO

O ataque de ambos times não começaram a partida empolgando. Logo no primeiro drive do jogo, a equipe dona da casa consegue um bom retorno de punt, mas o ataque para aí. Três jogadas e punt para os Saints.

Hora de Aaron Rodgers entrar em ação. O ataque dos Packers funciona melhor e consegue avançar no campo. Mesmo assim, a defesa de New Orleans consegue um sack no quarterback e força o time visitante a ficar apenas com o field goal para abrir o placar.

No drive ofensivo seguinte, um gosto do que estava por vir: Dominação do jogo corrido, principalmente com Alvin Kamara. A primeira big play do running back coloca os Saints já na red zone, perto de anotarem seus primeiros pontos. Mais uma jogada com o corredor que quebra tackles e avança até a endzone: Touchdown e vantagem para os Saints.

Sem Davante Adams, principal recebedor dos Packers, o ataque tenta equilibrar as ações de ataque entre corridas, principalmente com Aaron Jones, e passes para Allen Lazard e para os tight ends da equipe. Novamente a defesa de New Orleans consegue impedir o touchdown, mas não o field goal convertido por Mason Crosby.

Mais uma chance para o ataque dos Saints. Mais uma vez, três jogadas e punt.

Aaron Rodgers entra em campo novamente e não perdoa. A boa defesa dos Saints não consegue impedir a big play e em um lindo passe do quarterback para Allen Lazard, os Packers chegam à beira da endzone. A defesa até consegue adiar o touchdown, parando o jogo corrido, mas Rodgers acha novamente Lazard, agora dentro da endozone, para anotar mais sete pontos.

Noite de Kamara

Saints
Divulgação: Instagram New Orleans Saints (@saints)

Sem Michael Thomas, o ataque dos Saints se apoiam muito no jogo corrido, principalmente com Alvin Kamara. O jogador, em noite inspirada até então, segue carregando o ataque dos Saints para avançar no campo. O running back de 25 anos vai conseguindo big plays e corridas para mais de dez jardas enquanto o ataque aéreo não consegue ajudar Drew Brees. Mesmo com a boa atuação de Kamara, os Packers conseguem limitar o ataque a apenas um field goal.

Alvin Kamara segue sendo o nome do jogo. O corredor continua carregando o ataque dos Saints através do campo, e com uma campanha já dentro do two minute warning, Drew Brees conecta passe com Emanuel Sanders para anotar mais um touchdown, o primeiro passado, e garantir a liderança no intervalo.

O Fator Aaron Rodgers e a Arbitragem

Na volta do intervalo, Rodgers já dá mostras que sua genialidade irá ajudar seu time a conseguir a vitória. Lindo passe de 72 jardas para Lazard ser detido a poucas jardas de anotar o touchdown. Por três vezes, a defesa dos Saints conseguem parar o ataque, mas cedem o TD na quarta descida, na corrida de Aaron Jones.

O ataque dos Saints volta usando mais o jogo aéreo. Mesmo conectando passes importantes para avançar no campo, Drew Brees é detido na redzone e anota apenas um field goal, que foi suficiente para deixar o placar igual no SuperDome.

Rodgers
Divulgação: Instagram Green Bay Packers (@packers)

Na campanha seguinte, polêmica com a arbitragem que já havia marcado uma falta bem questionável a favor dos Packers (um horse collar tackle que não existiu).

Em um passe de Rodgers para Tyler Ervin, as zebras marcam uma interferência de passe defensiva a favor de Green Bay. A polêmica é que o passe foi muito longe do recebedor, descaracterizando a falta. Na sequência, o tight end  Mercedes Lewis recebe um passe para anotar o touchdown, que também gera reclamação da defesa de New Orleans, isso porque o recebedor empurra Malcolm Jenkins e os árbitros não marcam a interferência ofensiva. Melhor para os visitantes que colocam mais sete pontos no placar.

Kamara Imparável e mais Polêmicas

Mais uma vez Alvin Kamara. O running back anota uma linda corrida de 52 jardas após um passe curto de Drew Brees e coloca mais sete pontos no placar para sua equipe. Imparável, Kamara quebra ao menos dois tackles nessa corrida, e conta com importantes bloqueios do seu ataque para chegar até a endzone.

Divulgação: Instagram New Orleans Saints (@saints)

Mais uma polêmica para a arbitragem: Em uma quarta descida na linha de 46 jardas, Aaron Jones não consegue a conversão, mas os juízes erram o posicionamento da bola e coloca em posição de first down. Após o desafio de Sean Payton, os juízes revertem a marcação. Turnover on downs e bola no meio do campo para a equipe dos Saints tentar abrir vantagem no placar. 

Mas, os Saints desperdiçam a chance. Tayson Hill, o quarterback multi função de New Orleans sofre um fumble, o primeiro turnover do jogo e a posse volta para o ataque de Green Bay. O time visitante não consegue avançar para marcar o touchdown, mas anotam mais um field goal e colcam mais três pontos no placar.

Momento chave da partida e a defesa dos Packers aparece. Finalmente conseguindo parar Alvin Kamara, forçam o punt e recolocam o ataque em campo para liquidar a partida.

Aaron Rodgers novamente

Com duas big plays do quarterback, rapidamente os Packers voltam para a red zone. A defesa até consegue marcar o ataque, mas comete duas faltas cruciais para a partida. Rodgers encontra Robert Tonyan na endzone e não desperdiça a chance de alargar a vantagem da sua equipe. Dez pontos separam os times no jogo.

Com dois minutos no relógio, Drew Brees marca o campo até a linha de 16 do campo de ataque. Restando 35 segundos no relógio, o ataque decide chutar o field goal para deixar o placar em uma posse de bola e tentar recuperar o onside kick para ter uma chance de empatar a partida. O chute não anda as dez jardas obrigatórias e ainda sai do campo. Rodgers ajoelha na bola para dar números finais à partida.

NÚMEROS DO JOGO

New Orleans Saints

Drew Brees: 29/36, 288 jardas, 3 TDs.

Alvin Kamara: 6 corridas, 58 jardas (méd. 9,7 jds), 13 rec., 139 jardas, 2 TDs.

Emmanuel Sanders: 4 rec., 56 jardas, TD.

Green Bay Packers

Aaron Rodgers: 21/32, 283 jardas, 3 TDs.

Aaron Jones: 16 corridas, 69 jardas, TD.

Allen Lazard: 6 rec., 146 jardas, TD.

Na semana 4 os Saints enfrentam os Lions no Ford Field. Já os Packers recebem o Atlanta Falcons, no Lambeu Field, para o MNF da semana.

 

Tauany Rodrigues

Tauany Rodrigues

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: