Pós jogo: Super Bowl LV

Tom Brady e Rob Gronkowski vencem novamente o Super Bowl. Créditos: Mark J. Rebilas, USA TODAY Sports.

“É só isso… Não tem mais jeito… Acabou… Boa sorte…”. O jogo 256 da temporada, mais conhecido como Super Bowl, foi realizado no dia 7 de fevereiro de 2021, na Flórida. Tampa Bay Buccaneers 31 x 9 Kansas City Chiefs foi o placar final, consagrando TB como campeão pela segunda vez em sua história.

Patrick Mahomes anulado

Antes de mais nada, essa foi a primeira vez em 4 anos na NFL que o quarterback foi derrotado por mais de 8 pontos de diferença. Além disso, este foi o único jogo de sua vida no qual não marcou nenhum touchdown. Portanto, é preciso parabenizar Todd Bowles, coordenador defensivo de Tampa Bay, pelo excelente trabalho em conter o melhor quarterback da liga, e os jogadores pela execução.

Por qual motivo Mahomes teve o pior jogo de sua carreira? Como muito bem escrito na Prévia do Super Bowl LV, a chave para vencer os Chiefs seria pressionar Patrick de forma eficiente, sem blitzes, e assim foi feito. Mahomes teve de correr pela vida, foi pressionado em mais de 50% dos snaps (maior marca na história do Super Bowl), e quando conseguia extender a jogada os recebedores não ajudavam. Assim, o signal caller terminou a partida com 26 passes completos de 49 tentados, 270 jardas, 0 TD e 2 INT, sendo essa sua segunda derrota em playoffs, ambas para Tom Brady.

Esse passe foi dropado pelo recebedor. Mahomes, quarterback do Kansas City Chiefs, fez tudo que podia.
Esse passe incrível foi dropado pelo recebedor. Mahomes fez tudo que podia.

O maior quarterback de todos os tempos

Se alguém ainda discordava, acredito que agora não seja mais possível. Afinal, Tom Brady tem mais títulos na carreira que todos os times da liga. O quarterback fez excelente partida: foram 21 de 29 passes completos, 201 jardas, 3 TD e 0 INT, sendo nomeado MVP da partida. É verdade que a arbitragem cometeu erros, e principalmente a defesa dos Chiefs foi muito indisciplinada, mas Tom não tem nada com isso. Dessa forma, contou com armas familiares para pontuar: todos os 3 touchdowns foram de jogadores que já haviam jogado com Brady nos Patriots, sendo 2 de Gronkwski. Por fim, só foi necessário administrar o relógio e não cometer erros, e assim o Tampa Bay Buccaneers venceu os Chiefs.

Tom Brady, quarterback do Tampa Bay Buccaneers, com seus filhos na comemoração do título. Créditos: Stephen M. Dowell/Orlando Sentinel
Tom Brady com seus filhos na comemoração do título. Créditos: Stephen M. Dowell/Orlando Sentinel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: