Pós SNF- O que achamos de Chiefs vs Ravens?

Queridos fãs de NFL, o que foi esse SNF? Pergunta simples de se responder: o caos. Logo no início do jogo, uma interceptação boba sugeriu que os Ravens talvez não estivessem com a vontade de ganhar essa partida. Porém, o time focou no seu maior trunfo, o jogo terrestre, e imediatamente fez o touchdown. Entrava em cena pela primeira vez Patrick Mahomes. E como já avisado no texto anterior, mandar a blitz contra esse QB não era a melhor opção. Dito e feito, Baltimore optou por uma defesa mais agressiva e por causa disso começou a ceder muitos pontos.

Lamar e companhia estavam em baixa. Principalmente pela 2ª interceptação de Lamar Jackson, que em uma tentativa de ser mais rápido na hora de fazer pontos, lançou a bola em profundidade para Marquise Brown, que, infelizmente, estava com uma cobertura tripla. Assim, Tyrann Mathieu faz a jogada na bola e consegue seu segundo turnover contra Lamar. Os Chiefs então conseguem abrir uma vantagem de 11 pontos no jogo e a situação dos Ravens parecia que não ia melhorar.

É possível dizer então que Kansas City ”abaixou a guarda”. E assim começava uma perseverança de Lamar Jackson e John Harbaugh que garantiu para o time, a vitória. Baltimore voltou a seu roteiro original de correr com a bola de maneira muito eficiente e principalmente por muito tempo. Consequentemente, quando você gasta tanto tempo de relógio assim, os Ravens tiravam Mahomes de campo e aumentando suas chances de vitória. Ao todo, Baltimore teve 251 jardas corridas. Com grande destaque para Lamar Jackson que contribuiu com 102 jardas terrestres e 2 touchdowns.

A vontade do Baltimore Ravens

Após ter ”sangrado” o relógio, o time conseguiu o touchdown e deixou pouco menos de 1 minuto para Andy Reid e Patrick Mahomes resolverem o jogo. Os Chiefs avançavam e quase na metade do meio de campo, o grito de surpresa ecoava no M&T Bank Stadium. Odafe Oweh, pick de 1ª rodada dos Ravens, escapa de sua marcação e da um soco na bola carregada por Clyde Edwards-Hilaire. Resultando assim no fumble que foi recuperado pelo próprio Oweh. Assim, Baltimore corre 2 vezes com a bola e não consegue um bom avanço e na 3ª descida conseguem um passe que avança nove jardas, deixando o time em uma situação de 4&1.

Era possível ver então John Harbaugh, HC dos Ravens, gritando para seu QB se eles deveriam ir e arriscar a 4&1. Lamar dá o sinal positivo e resolve com as próprias pernas. Garantindo um avanço de um pouco mais de 2 jardas e com isso a vitória. Isso só demonstra que mesmo abalado por lesões, esse time ainda tem um grande desejo de luta para chegar no Super Bowl.

Baltimore se firma como um dos favoritos ao Super Bowl? (AP)
Renato Falcão

Renato Falcão

Faço Relações Internacionais e sou do Rio de Janeiro. Além disso sou torcedor do Pittsburgh Steelers e só pra lembrar: Big Ben é ELITE!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: