Prévia Wild Card: Indianapolis Colts x Buffalo Bills

Josh Allen chega como melhor quarterback da AFC para a partida contra os Colts. Créditos: Craig Melvin/Buffalo Bills

Neste sábado (9), o Indianapolis Colts viaja até Buffalo para enfrentar os Bills pelo Wild Card da AFC as 15h. A partida de playoff será a primeira sediada por Buffalo desde 1996, e isso se deve pelos Bills terminarem a temporada 13-3, segunda melhor campanha da conferência. Já Indianapolis chegou a pós-temporada pela última vaga (#7) com a campanha 11-5, mas promete dar trabalho para o adversário.

Como chegam as equipes

Indianapolis Colts: Antes de mais nada, a unidade defensiva da equipe é uma das melhores da NFL. Liderada por dois jogadores First Team All-Pro (LB Darius Leonard, DT DeForest Buckner) os Colts podem ser um matchup difícil para o ataque de Buffalo. Apesar do apagão contra os Steelers na Semana 16, o time vem de vitória contra os Jaguars em excelente partida do RB novato Jonathan Taylor (253 jardas, 2 TD). Dessa forma, mesmo não chegando embalado como o adversário, Indianapolis possui o equilíbrio e as ferramentas necessárias para vencer o duelo. Além disso, Phillip Rivers não está em sua melhor temporada, mas sua experiência pode ser fundamental para os Colts na partida, principalmente se conseguir cuidar da bola.

Jonathan Taylor foi um dos melhores RBs da liga na segunda metade da temporada. Créditos: Julio Aguilar/Getty Images
Taylor foi um dos melhores RBs da liga na segunda metade da temporada. (Julio Aguilar/Getty Images)

Buffalo Bills: A equipe que chega mais “quente” na pós-temporada após 6 vitórias consecutivas, marcando 56 pontos na Semana 17. Josh Allen esteve na conversa para MVP e foi um dos 3 melhores quarterbacks nesta temporada, com 37 TD e 10 INT. Já o recém chegado Stefon Diggs teve a melhor temporada da sua carreira com 127 recepções (1º), 1535 jardas (1º) e 8 TD. Ou seja, mesmo com um jogo terrestre mais fraco, Buffalo tem um dos melhores ataques aéreos da liga, e precisa se garantir contra a boa defesa dos Colts. Já no lado defensivo, a unidade começou mal a temporada, mas cresceu nas últimas semanas, principalmente contra o jogo terrestre. Por fim, o CB Tre’davious White é fundamental na defesa aérea, e muito bom forçando turnovers, podendo alterar o resultado da partida.

Josh Allen foi eleito o jogador do mês de dezembro na AFC. Créditos: Timothy T. Ludwig/Getty Images
Josh Allen foi eleito o jogador do mês de dezembro na AFC. (Timothy T. Ludwig/Getty Images)

Duelos a serem observados

A partida promete ser uma das melhores e mais disputadas nessa rodada de Wild Card, e por isso separei 5 matchups para ficar de olho.

Jogo corrido dos Bills x Defesa terrestre dos Colts. Um matchup extremamente favorável aos Colts, visto que não só Buffalo não corre bem com a bola, mas a defesa de Indianapolis defende isso muito bem. A unidade é a segunda da liga em jardas terrestres por tentativa e por partida. Assim, mesmo que os Bills tenham conseguido compensar essa fraqueza com o jogo aéreo, vai ser um desafio engatar o jogo terrestre, necessário tanto para o play-action quanto para esgotar o relógio.

Phillip Rivers x Secundária de Buffalo. É verdade que o quarterback não é o mesmo de outrora, e que esta pode ser uma de suas últimas temporadas. Entretanto, Rivers ainda consegue jogar bem e sua experiência pode ser o diferencial em uma partida disputada. O problema é que a equipe não pode depender demais do signal caller, que tem o histórico de não entregar em momentos chave, principalmente contra uma boa defesa.

Josh Allen x Defesa aérea dos Colts.

O quarterback vive o melhor ano de sua carreira desde que chegou na NFL em 2018. Além dos números já citados anteriormente e sua conexão com Diggs, Allen também está mais preciso e cuidadoso com a bola. Ou seja, Darius Leonard, um dos melhores linebackers de 2020, precisa aparecer na partida e dificultar a vida de Josh. Caso contrário, o quarterback pode marcar mais pontos do que o ataque dos Colts consegue acompanhar, principalmente atrás da boa linha ofensiva.

Defesa terrestre dos Bills x Jonathan Taylor. Apesar do início de temporada difícil, o running back novato de Indianapolis conseguiu se adaptar a NFL e vem sendo dominante. Foram 1169 jardas, 5 jardas por tentativa e 11 TDs no ano. Portanto, Taylor é fundamental, não só para explorar a maior fraqueza da defesa dos Bills, mas para deixar Josh Allen o maior tempo possível fora de campo.

Batalha dos turnovers. Nenhum clichê se torna clichê sem motivo. Nessa partida, enquanto a defesa dos Bills é a terceira que mais forçou turnovers (26) na liga, o ataque dos Colts é o terceiro que menos perdeu a posse da bola (15). Portanto, quem sair vitorioso desse duelo equilibrado, seja pelas interceptações de Rivers ou a segurança de Taylor pode encaminhar muito bem a vitória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: