Prévias semana #1 – Jogos de domingo à tarde

A temporada 2020-2021 da NFL finalmente começou! Depois de um ótimo jogo (pelo lado dos Chiefs)  na última quinta, o domingo está recheado de partidas, como já estamos acostumados. Alguns duelos de divisão, QBs calouros e a estreia de um certo senhor Brady em um time novo prometem movimentar a semana. Confira agora o que podemos esperar de cada um dos jogos de domingo a tarde!

* Esse texto é especial, pois conta com a participação de vários redatores calouros na nossa equipe: Alex Porto, Davi Alves, Leandro Vaz, Rafael Giovanni, Renato Falcão e Rhuan Firmino. Desejamos boas vindas aos nossos Rookies, que agora estarão presentes com você, leitor, até o fim da temporada.

Seattle Seahawks @ Atlanta Falcons

O jogo entre Seatle Seahawks e Atlanta Falcons larga como um dos jogos mais imprevisíveis da semana 1. Os mandantes precisando finalmente traduzir sua qualidade em resultados, enfrentando a equipe de Seattle que aguarda por mais um ano digno de MVP de Russell Wilson.

Os Falcons têm o reforço do RB Todd Gurley, que promete ter bastante volume e ser crucial no equilíbrio desse ataque, que ano passado teve o 3° melhor jogo aéreo da liga, porém decepcionaram na tabela. É, sobretudo, uma oportunidade de afirmação para Matt Ryan e companhia.

Todd Gurley chega em Atlanta com a responsabilidade de dar um impulso no ataque terrestre do time.

Pelos Seahawks, encontramos confiança no seu franchise QB que sai na corrida para MVP desde agora e em sua dupla de recebedores Tyler Lockett e D.K. Metcalf.  Com as adições do excelente Safety Jamal Adams e do Tight End Greg Olsen, a defesa sólida e o ataque prolífero são esperados. A grande dúvida é se a linha ofensiva será capaz de proteger Russel Wilson, visto que na última temporada isso foi um problema grave.

Cleveland Browns @ Baltimore Ravens

O atual MVP da liga irá estrear em casa contra uma das, ou talvez a maior, decepção dos últimos anos na NFL. Baltimore chega como favorito, afinal conta com um dos melhores elencos do campeonato, joga em casa e ainda tem Lamar Jackson como Qb. Mas, um jogo de divisão é sempre uma caixa de surpresas e Cleveland precisa dar uma resposta ao seu torcedor que está depositando todas suas esperanças nessa temporada. Vamos lembrar que no ano passado os Browns fizeram um grande jogo contra os Ravens em Baltimore, vencendo por 40-25. Embora eu não acredite que isso se repetirá, esse jogo dará ânimo ao vitorioso para o resto da temporada na disputa pela AFC Norte.

New York Jets @ Buffalo Bills

No duelo pela AFC Leste, teremos um grande jogo entre Jets x Bills abrindo a temporada. O time da casa é o franco favorito para a partida devido sua fortíssima defesa e ao seu ataque que a cada ano ganha mais peças para brigar pelo título da divisão. Nomes como o Cornerback Josh Norman e o Pass Rusher Mario Addison reforçam ainda mais essa defesa que foi uma das melhores da NFL na temporada passada. No ataque, a troca feita para adquirir Steffon Diggs foi o grande movimento desta Offseason pela franquia de Buffalo, dando um passo a mais em direção a um possível título de divisão pela primeira vez desde 1995, (é a equipe dessa divisão que está há mais tempo na fila).

Do outro lado, nos Jets, Adam Gase vai para seu 2º ano, onde cada vez mais evidenciam que os Jets perderam a mão de vez se tornando aquele eterno time pro futuro. Eles trouxeram algumas boas peças no Draft, o gigante Offensive Tackle Mekhi Bector e o explosivo recebedor Denzel Mims, porém, além do draft não houveram grandes adições para o time, que perdeu peças importantes (como o Safety Jamal Adams e o recebedor Robby Anderson). Esse será o time que deve penar em mais uma temporada na mão de um dos Head Coachs mais fracos da liga.

Las Vegas Raiders @ Carolina Panthers

Pela primeira partida na nova cidade, o Raiders recebe a franquia de Carolina, que com Teddy Bridgewater como QB, pretende ter mais regularidade e produção nesta nova temporada. Ano passado vimos o alvoroço que o WR Antonio Brown trouxe para a equipe. Com muitos problemas fora de campo, ele acabou sendo dispensado antes mesmo de estrear. Por outro lado, os Raiders chegam com uma das 10 melhores defesas contra o jogo terrestre, cedendo 98.1 jardas por partida, um fator importante, já que Christian McCaffrey é o desequilíbrio desse ataque do Panthers. Mas o que pode fazer a diferença, é a versatilidade do RB, que recebendo a bola teve mais de mil jardas em seu terceiro ano com profissional. E que, agora, terá um lançador mais eficiente, Bridgewater, que ao substituir Drew Brees na temporada passada, teve cinco vitórias, com um rating de 153.8, deixando ainda mais preocupante a situação da defesa em jogo aéreo de Las Vegas, a segunda pior de 2019. Será um jogo onde as deficiências de cada time vão ser expostas e quem errar menos, vence.

Chicago Bears @ Detroit Lions

Mitchell Trubisky precisa provar que merece a titularidade em Chicago (Fonte: Raj Mehta-USA TODAY Sports)

O confronto entre Bears e Lions pode não atrair muitos olhares, mas a partida é extremamente importante por se tratar de um jogo entre rivais de divisão. O Quarterback escolhido antes de Mahomes e Watson em 2017, Mitchell Trubisky, disse ter recuperado sua confiança na Offseason e venceu a batalha pela titularidade contra Nick Foles. Portanto, os Bears irão tão bem quanto Trubisky permitir. Já os Lions podem contar novamente com seu quarterback Matthew Stafford, que perdeu o final da última temporada por lesão. A equipe de Detroit espera que ele volte em alto nível e consiga colocar a equipe na briga pela pós – temporada, mesmo com o limitado Matt Patricia como Head Coach. Assim, será uma disputa equilibrada na qual o time com a melhor performance do Quarterback pode acabar saindo vitoriosa.

Indianapolis Colts @ Jacksonville Jaguars

As 14 horas, no domingo, os Colts vão até Duvaaaaal para enfrentar Jacksonville. Com a estreia de Philip Rivers como o novo Qb e um Jaguars bem afetado por trocas, o jogo promete algumas coisas interessantes. Uma OL elite (coisa que o Rivers nunca teve) vai protegê-lo muito bem contra o pass rush do Jaguars que devido principalmente à saída dos seus melhores jogadores (Calais Campbell e Yannick Ngakoue) não deve ser uma grande ameaça. E no lado do Colts, a mesma OL que defende, vai, muito provavelmente, garantir que os Running Backs Marlon Mack e o calouro Jonathan Taylor consigam muitas jardas e também que Philip Rivers tenha bastante tempo no pocket para conseguir lançar para seus novos alvos.

Green Bay Packers @ Minnesota Vikings

O duelo de divisão entre Minnesota Vikings e Green Bay Packers no início da temporada promete ser crucial para todo o restante dela, principalmente o final, uma vez que é esperado uma briga dos dois pela coroa da NFC North. 

A partida do U.S Bank Stadium tem um ponto chave para cada lado. Aos donos da casa, o rendimento dos novatos recém draftados, tanto o WR Justin Jefferson quanto os CBs Jeff Gladney e Cam Dantzler, que tem como missão melhorar a secundária que foi o ponto fraco ano passado. Além da necessidade de afirmação definitiva de Kirk Cousins, que ano passado quebrou alguns estigmas de “pipoqueiro”. Agora, a expectativa é que esses fantasmas se exorcizem de vez.

Aos visitantes, resta a pergunta: Aaron Rodgers terá ajuda suficiente do time esse ano, ou a falta de peças ofensivas voltará a ser o calcanhar de aquiles? Mesmo com Davante Adams e Aaron Jones com bom rendimento, a falta de profundidade incomoda, e pode ficar exposta no jogo de domingo.

Miami Dolphins @ New England Patriots

Cam Newton é o novo QB em New England.

New England Patriots e Miami Dolphins se enfrentam no Gillette Stadium para iniciar a temporada de 2020 sob algumas dúvidas. Do lado dos donos da casa, paira a incerteza de como será o futuro pós-Brady. Cam Newton agora é o QB titular da equipe, que ainda conta com Julian Edelman e James White, mas por outro lado, vários calouros para tentarem ajudar a dinastia dos Patriots continuar. Na defesa, várias perdas (free agency e opt-outs) e mais calouros para Bill Belichick desenvolver. Para os Pats, pelo menos a secundária continua fortíssima.

Do lado de Miami, o futuro parece ser promissor. O processo de renovação comandado pelo HC Brian Flores continua, agora com o futuro QB titular da franquia, Tua Tagovailoa, e uma defesa mesclando entre nomes experientes advindos da free agency e calouros do draft. Teoricamente, Miami caminha para dias melhores do que vem tendo nos últimos anos. No domingo, Ryan Fitzpatrick ainda será o QB titular e tentará vencer New England novamente, como o fez no último encontro das equipes, na semana 17 de 2019.

Philadelphia Eagles @ Washington Football

Na primeira partida entre duas equipes da NFC East, Philadelphia é a favorita para começar a temporada com a vitória. Os Eagles sofreram novamente com muitas lesões nos treinamentos e podem ir para o jogo sem peças importantes, como Jalen Reagor, Miles Sanders e Lane Johnson. Portanto, o grande confronto a ser observado será a linha ofensiva desfalcada da equipe contra o bom pass rush de Washington, principalmente depois da chegada de Chase Young, melhor prospecto da última classe. Já o time da capital passou por muitas polêmicas durante a offseason e espera começar uma nova era liderada pelo Quarterback segundanista Dwayne Haskins e o novo Head Coach Ron Rivera, mas, se Washington vencesse o duelo seria uma grande surpresa.

Los Angeles Chargers @ Cincinnati Bengals

A partida entre Cincinnati Bengals e Los Angeles Chargers pode ser destacada como um jogo entre dois times em transição. Os Bengals, que foram o pior time de 2019, agora tem o atual campeão do College Joe Burrow como seu franchise Quarterback. Para ajudar o calouro, o WR AJ Green está de volta após um longo período de recuperação de lesão e o ataque conta com os WRs Tyler Boyd, John Ross e o RB Joe Mixon, que teve o contrato renovado recentemente. Na defesa, o DT Geno Atkins (que está fora do primeiro jogo) e o CB William Jackson são os principais nomes de uma unidade que precisa evoluir para que Cincinnati possa alçar voos altos nos próximos anos.

Já os Chargers, que perderam o veterano QB Philip Rivers na free agency, draftaram na 6ª escolha geral o possível QB do futuro da franquia, Justin Herbert, que começará o ano na reserva de Tyrod Taylor. Completando o ataque, o WR Keenan Allen de contrato renovado, o TE Hunter Henry sob franchise tag e o agora RB titular Austin Ekeler são os principais nomes da unidade. Na defesa, Joey Bosa e Melvin Ingram são os destaques dos Chargers, que tiveram uma baixa importante na secundária: o safety Derwin James está fora da temporada com uma lesão no menisco. O jogo de domingo promete não ser de tão alto nível, mas pode sim ser bem animado!

Tampa Bay Buccaneers @ New Orleans Saints

Essa é uma das principais atrações da semana 1. A narrativa e a variação de histórias que podem sair deste jogo são diversas, pois estamos falando de dois rivais de divisão. Um já tem um dos elencos mais completos da NFL e segue se reforçando. Emmanuel Sanders chega em New Orleans com o objetivo de tirar a sobrecarga de Michael Thomas, que na última temporada quebrou o recorde de recepções com 149. No outro lado temos o ataque aéreo mais prolífico de 2019 que, com Jameis Winston (agora reserva em New Orleans), produziu 302.8 jardas por jogo, porém com alta taxa de interceptações. Entretanto, com contratações cirúrgicas, eles podem novamente ser o ataque número 1 da NFL nesta temporada. Tom Brady sofria com a falta de opções em New England, agora ele terá a dupla mais produtiva de WR’s da liga, Mike Evans e Chris Godwin, além de contar com o velho amigo, Rob Gronkwoski. Mas, os Saints também contam com um dos melhores QB’s de todos os tempos, Drew Brees, que com a sintonia criada com Sean Payton, entra mais uma vez como um dos favoritos ao Super Bowl, o que pode nos render um jogo com um placar alto.

Arizona Cardinals @ San Francisco 49ers

Garoppolo será capaz de comandar os Niners para mais um Super Bowl?

Físico. Novo. Lindo. Essas são as 3 palavras que podem definir o confronto em San Francisco. Físico porque teremos Budda Baker e o rookie Isaiah Simmons, dois jogadores que gostam do contato na tarefa de desacelerar um dos melhores TE da liga, se não o melhor, George Kittle, que gosta do contato igualmente ou mais. Novo, porque teremos a estreia de Deandre Hopkins pelo Cardinals que vai proporcionar grandes jogadas com o seu novo QB e pelo lado californiano teremos a estreia de um dos melhores LT da liga, Trent Williams que vem para reforçar uma já forte linha ofensiva. E lindo porque poderemos ver Jimmy Garoppolo.

Article Categories:
Prévias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: