Prévias semana #2 – Jogos de domingo à tarde

Este texto foi produzido pelos nossos redatores Alberto Torres, Alex Porto, Rafael Giovanni e Renato Falcão.

Na última quinta feira, Browns e Bengals fizeram um bom jogo de abertura da rodada. No fim, o time de Cleveland ficou com a vitória, movimentando a AFC Norte. Os jogos da tarde de domingo prometem e aqui você confere o que esperar de cada um deles!

New York Giants @ Chicago Bears

Saquon Barkley terá um jogo a sua altura? (Créditos: Al Bello/Getty Images)

É apenas a Semana 2, mas essa partida já vale muito para ambas as equipes. O New York Giants perdeu sua estreia em casa e viaja até Chicago para enfrentar os Bears, que derrotaram seu rival de divisão Lions com um excelente último quarto.

Para NY, o foco é fazer uma boa estreia na primeira partida como visitante e levar sua primeira vitória na temporada. Para isso, a consistência no ataque será essencial. O QB Daniel Jones teve momentos excepcionais e momentos deploráveis. Porém, o jogo corrido foi a grande decepção. Com um trabalho pífio da OL, o superstar RB Saquon Barkley conseguiu apenas 6 jardas em 15 corridas. A produção ofensiva precisa ser muito superior a isso para que o time tenha qualquer chance de vitória.

Os Bears levaram a vitória principalmente pela atuação do seu QB Mitch Trubisky no último quarto contra os Lions. Ele lançou para 3 TD’s e carregou o time para uma virada impressionante. A torcida espera esse time de atuação de seu signal caller, já que essa temporada é decisiva para entender se ele é o futuro da franquia. Caso a defesa de Chicago consiga pressionar a OL dos Giants assim como os Steelers fizeram, Windy City tem tudo para sair 2-0 na temporada.

Atlanta Falcons @ Dallas Cowboys

Quem vai levar sua primeira vitória na temporada? Falcons e Cowboys perderam na sua primeira semana e seus torcedores tiveram flashbacks do ano passado. Atlanta teve uma performance excelente no ataque, com 3 WR’s com mais de 100 jardas recebidas (Jones, Ridley e Gage) e uma boa estreia do seu novo RB Todd Gurley. Mesmo assim, sua secundária foi dissecada pelos Seahawks. Dallas fez um belo SNF contra os Rams, mas acabou perdendo um jogo bem apertado.

Na sua primeira partida em casa, os Cowboys enfrentam seu maior problema já fora de campo: as lesões. Com 5 jogadores sofrendo com problemas físicos (sendo a principal baixa o LB Leighton Vander Esch) a equipe vai precisar se adaptar para ter um desempenho satisfatório. A linha ofensiva, que é um forte há alguns anos, não teve uma boa partida contra os Rams. Mesmo assim, espere um bom jogo do RB Ezekiel Elliot, já que a defesa dos Falcons não teve um ótimo desempenho contra o comitê de corredores dos Seahawks.

Para Atlanta, o início da temporada é bem árduo. Depois de perder em casa para um dos favoritos na NFC, a equipe viaja para enfrentar outra equipe fortíssima. A maior preocupação da comissão técnica é com sua defesa, que enfrentará um dos melhores RB’s da liga e um corpo de WRs assustador (Cooper, Gallup e Lamb). Nas últimas temporadas, os Falcons já demonstraram que seu ataque tem poder de fogo suficiente para competir com qualquer outro, mas será que sua defesa terá um desempenho suficiente?

Caso as atuações sejam semelhantes à da Semana 1, espere Dallas levando sua primeira vitória em casa e os Falcons se vendo em um grande buraco na NFC South.

Detroit Lions @ Green Bay Packers

Aaron Rodgers está no caminho para mais uma temporada lendária (Créditos: Leon Halp/Getty Images)

Uma grande rivalidade na NFC promete entreter essa tarde de domingo. A grande força na NFC North, o Green Bay Packers, enfrenta seu rival de divisão, Detroit Lions, para provar que é realmente o rei do Norte.

O placar não é justo com a atuação na Semana 1. Os Packers foram absurdamente superiores aos Vikings (que anotou pontos no garbage time para aliviar o placar) e mostraram que são novamente favoritos para vencer a conferência. A conexão Rodgers-Adams foi um dos principais fatores do jogo, como sempre é, mas o restante do ataque de Green Bay também apareceu para o jogo.

Detroit foi a equipe que saiu com a boca amarga após a Semana 1. Além de levarem uma virada impressionante comandada por Mitch Trubisky, nada disso teria importado se D’Andre Swift não fosse o protagonista de um drop miserável na última campanha de ataque que daria a vitória no Ford Field. Esses tipos de erros custam a vitória e contra uma equipe uma equipe tão forte como Green Bay, só um jogo limpo de erros poderá trazer a vitória.

Para os visitantes roubarem essa vitória no Lambeau Field, talvez só um milagre possa ajudar.

Jacksonville Jaguars @ Tennenssee Titans

Uma partida que antes poderia parecer sem graça, agora ganha uma nova narrativa. Os Jaguars vem de uma vitória inesperada contra Indianapolis e viajam a Tennessee para enfrentar seu rival de divisão que venceu os Broncos na segunda-feira.

Jacksonville mostrou que o tanking é somente por parte da diretoria, visto que o QB segundanista Gardner Minshew brilhou e quer mostrar que merece sua vaga na equipe. Além disso, os Jaguars contam com dois novatos que atuaram muito bem e podem ser decisivos novamente: o cornerback CJ Henderson, escolha de primeira rodada, e o running back James Robinson, que não havia sido draftado.

Já os Titans tem um elenco muito superior ao rival. Mesmo com A.J. Brown fora por lesão, o time pode vencer a partida se não subestimar o adversário e conseguir ter mais segurança na posição de kicker, que quase custou a última vitória.

Assim, Tennessee busca seguir como favorito para vencer a divisão enquanto os Jaguars tentam se firmar nessa temporada.

Minnensota Vikings @ Indianapolis Colts

Vikings e Colts brigam para não começarem a temporada 0-2 (Créditos: Dailynorseman.com).

Duas equipes que começaram a temporada perdendo esperam dar a volta por cima e evitar o temido 0-2. Os Colts foram a surpresa negativa da rodada ao saírem derrotados do jogo contra um Jaguars em reconstrução, e recebem Minnesota que perdeu para o rival Green Bay Packers.

Indianapolis espera engatar o jogo corrido com o novato Jonathan Taylor depois de uma péssima partida de sua OL e running backs. O quarterback, Phillip Rivers, também precisa tomar decisões melhores, mesmo sem o TE Jack Doyle que está lesionado, já que suas 2 interpretações foram fundamentais para a derrota no domingo.

Os Vikings tem uma das piores secundárias da liga e cederam 43 pontos na primeira semana. Porém, o ataque de Cousins, Cook e Thielen foi bem e pode carregar a defesa para uma vitória fora de casa se minimizar os erros.

O confronto se mostra muito equilibrado, e pode ser decidido na batalha das trincheiras entre a boa linha ofensiva dos Colts e o sólido pass rush de Minnesota.

Buffalo Bills @ Miami Dolphins

Buffalo começou bem a temporada, vencendo um rival de divisão. Já Miami foi justamente o contrário, perdeu na semana 1 para outro rival de divisão. É verdade que os Bills são os favoritos da AFC East (sim, eles são), mas os Dolphins podem fazer uma gracinha e surpreender.

Josh Allen vem de uma ótima partida: foram 312 jardas passadas (recorde da carreira) e dois Tds, além de ter corrido para outro. Ainda assim, o Qb precisa cuidar melhor da bola. Contra os Jets, foram dois Fumbles. Os efeitos do seu descuidado não foram sentidos até por conta da fragilidade do time de Nova Iorque, mas cedo ou tarde a conta vai chegar. A sorte dos Bills é ter uma das melhores defesas da liga.

Já Miami precisa melhorar em, bem, praticamente tudo. A equipe ainda é bem fraca e não inspira tanta confiança. Para completar, Ryan Fitzpatrick é um Qb bem mediano e que foi interceptado três vezes na primeira semana. Um dos poucos bons jogadores da equipe, o Wr DeVante Parker, saiu machucado no fim do último jogo e pode se tornar desfalque para essa partida. Vai ser necessário muita esperança, e quem sabe um pouco de magia do FitzMagic, para vencer esse jogo.

San Francisco 49ers @ New York Jets

Sam Darnold, prepare-se para correr pela sua vida. Um dos front sevens mais temidos da temporada passada vem com fome de vitória para uma das piores linhas ofensivas da liga. Com poucas armas disponíveis, Darnold vai ter uma longa tarde pela frente. San Francisco, que apesar de não contar com Richard Sherman que está lesionado e George Kitlle para esse jogo, não deve encontrar praticamente nenhuma resistência para a vitória no domingo. Vale lembrar que todos os times da NFC West ganharam seus jogos no domingo passado, deixando o Niners em último da divisão. Assim, é muito possível que o time venha para dar uma lavada no Jets, para ganhar confiança pro próximo jogo e voltar para a corrida

Los Angeles Rams @ Philadelphia Eagles

Aaron Donald vai desequilibrar mais uma partida? (Créditos: ROBERT HANASHIRO/USA TODAY SPORTS).

Após uma derrota inesperada para Washington na primeira semana, os Eagles recebem o Los Angeles Rams, que vem de uma vitória contra os Cowboys no Sunday Night Football.

Philadelphia espera aliviar a pressão em Carson Wentz depois de sofrer 8 sacks na última partida com a volta do OT All-Pro Lane Johnson e também do RB Mile Sanders para fortalecer o jogo terrestre e balancear a unidade ofensiva.

Já a equipe de Los Angeles, comandada pelo brilhante técnico Sean Mcvay, busca dar continuidade ao bom desempenho defensivo e embalar na temporada para se manter na briga pelo título da divisão, que promete ser mais disputada da liga.

O matchup a ser observado será novamente entre a linha ofensiva dos Eagles e o pass rush de LA, que conta com o melhor defensor da liga, Aaron Donald, o que pode ser o determinante em um dos duelos mais parelhos da rodada.

Denver Broncos @ Pittsburgh Steelers

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é monday-night-football-how-to-watch-steelers-giants-titans-bronco-20094036-1280x0.jpeg

Broncos e Steelers se enfrentam pela semana 2 da NFL, em um confronto que gera algumas perguntas. Como o ataque de Denver, liderado por Drew Lock, vai reagir ao encontrar uma das melhores defesas da liga ? Será que a linha ofensiva dos Steelers vai conseguir manter o jogo terrestre fluindo(Benny Snell conseguiu 113 jardas corridas contra os Giants) contra um ótimo run-stopper, Jurrel Casey? E finalmente, como o Big Ben vai lidar contra uma boa secundária de Denver, que apesar de não contar com o Aj Bouye, ainda pode causar uma boa dor de cabeça? Bom, as respostas para essas perguntas virão no domingo as 14 horas, entretanto, uma coisa é certa, vai ser um ótimo jogo para os fãs de NFL.

Carolina Panthers @ Tampa Bay Buccaneers

Esse jogo pode ser chamado de provação. O hype com a chegada de Tom Brady, Rob Gronkowski e Leonard Fournette em Tampa Bay foi, por muitos, desconsiderado ou até jogado fora depois da derrota para os Saints. Nesta semana 2 espera-se uma melhora no tão contestado ataque de Tampa liderado por Brady e, consequentemente, uma melhora geral no desempenho da equipe. A provação dos Bucs é sobre toda expectativa posta em cima de todo time e jogadores, ainda mais contra um time tecnicamente mais fraco. Ver como o time reagirá em um jogo provavelmente sem o WR Chris Godwin, que é muito importante ofensivamente e foi listado no começo da semana na lista de concussão, será interessante. A missão de Bruce Arians e Tom Brady será melhorar ainda mais o ataque, principalmente terrestre (que contra New Orleans conseguiu apenas 86 jardas) para a fluidez acontecer ofensivamente, além da defesa continuar forte.

Já os Panthers estão em meio a uma reformulação no time, agora com um novo QB, Teddy Bridgewater, e com o DT Derrick Brown como grande adição na defesa (7ª escolha geral no último draft), em quem muitos depositam a confiança. Na derrota para Las Vegas, Christian McCaffrey e o ataque no geral funcionaram bem. A provação de Carolina é sobre quais jogadores que estão presentes no time podem render em um time competitivo. Sem Greg Olsen, Luke Kuechly e Cam Newton nessa temporada, veteranos que eram pilares na equipe e faziam muita diferença, Carolina está em uma mudança brusca. A defesa foi mal contra os Raiders e mesmo Tampa possivelmente sem Godwin, os Panthers terão que parar o ataque comandado por Brady, que na semana 1 teve 239 jardas aéreas, coincidentemente a mesma quantidade que Carolina cedeu para Derek Carr. A linha defensiva pouco pressionou o ataque de Las Vegas e essa é uma das grandes preocupações da equipe.

Washington Football @ Arizona Cardinals

Kyler Murray contra Dwayne Haskins, uma disputa entre jovens quarterbacks, de quem são esperadas grandes jogadas e liderança em seus respectivos time. Ambos estão no segundo ano da carreira, sendo Murray o calouro ofensivo do último ano. Outro grande jogador que está a se provar e inclusive já mostrou a que veio em seu primeiro jogo, é Chase Young, DE de Washington, que terá a missão de parar. ou pelo menos fazer muita pressão em Murray para atrapalhar a fluidez do ataque de Arizona. Na primeira semana, Washington virou o jogo contra os Eagles, mostrando que não serão o saco de pancadas que se imaginava deles nessa temporada. Apesar de um começo ruim de jogo e uma não tão boa linha ofensiva, Haskins conseguiu crescer no jogo, usando bem jogadas de passes, distribuindo o jogo e espaçando o campo. A defesa foi muito bem, o pass rush funcionou e a secundária também, o que acabou funcionando como engrenagens, uma impulsionando a outra, forçando os Eagles cometerem turnovers. O ataque capitalizou em cima disso e, assim, o time de Washington virou e terminou a rodada na liderança da NFC Leste.

Os Cardinals também viraram seu jogo da 1 semana fora de casa. Contra os grandes 49ers, Arizona limitou o ataque de San Francisco durante os 2º e o 3º quarto a apenas 3 pontos, e assim ganharam o jogo no último quarto, com o ataque fazendo 14 pontos. No primeiro quarto, o special team dos Cardinals bloqueou o Punt dos 49ers, o que, algumas jogadas depois, se tornou o TD de Arizona, os ajudando a se manterem vivos no jogo. A linha defensiva foi muito bem conseguindo 3 sacks e atrapalhanda muito o jogo de Jimmy Garoppolo. A moral está bem alta em Washington e em Arizona, e será um jogo onde as duas defesas estarão em campo para provar que conseguem se manter estáveis e muito bem durante a temporada. No domingo veremos qual ataque se sobressairá melhor sobre a defesa adversária e qual dos dois times conseguirá o 2-0, dando ainda mais moral para o resto da temporada.

Kansa City Chiefs @ Los Angeles Chargers

Depois de um bom primeiro jogo contra o Houston Texans, os Chiefs de Mahomes vão novamente tentar mostrar o motivo de serem favoritos à irem longe na temporada. Uma surpresa agradável no primeiro jogo foi o rookie Clyde Edwards-Helaire, que correu 138 jardas e conseguiu anotar um touchdown. Com a difícil tarefa de parar esse time, os Chargers vem de um jogo ruim que acabou resultando em vitória. Ainda sem Justin Herbert, Los Angeles foi pra jogo com Tyrod Taylor na posição de quaterback. Keenan Allen teve poucas participações, sendo apenas 4 recepções para 37 jardas (pouco, se considerar que é uma das principais armas ofensivas de LA). O time cedeu 122 jardas corridas para Cinccinati, sendo essa uma preocupação para o jogo contra Kansas City. Joey Bosa, Defensive End dos Chargers, conseguiu pressionar os Bengals com 5 tackles e 1 sack. Como grande jogador defensivo e um dos principais, se não o principal do time, é esperada a liderança para um jogo difícil, em busca de uma crescente melhora.

O ataque também foi decepcionante, conseguindo seus primeiros pontos em um Field Goal faltando 7 minutos para o fim do segundo quarto. O jogo ficou 16 a 13 para Los Angeles, apenas por erro no Field Goal de 20 jardas do kicker de Cinccinati Bullok quando faltava 7 milésimos de segundo para fim do jogo. Após tal jogo bem abaixo, se espera uma melhora, e se não for grande, o time dos Chiefs aproveitara as brechas para conquistar a vitória.

Baltimore Ravens @ Houston Texans

Os quarterbacks do futuro se enfrentam novamente (Créditos: Evan Habeeb-USA TODAY Sports).

O confronto entre os jovens quarterbacks, Lamar Jackson e Deshaun Watson, parece ser competitivo em um primeiro momento, mas o favorito da partida é claro. Os Ravens vem de uma grande vitória (38×6) contra o rival Cleveland Browns e se mostram um time muito superior ao Texans, que perdeu por duas posses para os Chiefs na abertura da temporada.

Houston busca melhorar o entrosamento do ataque e fazer com que Watson volte a produzir em alto nível – uma missão nada fácil contra uma defesa de elite – para evitar começar a temporada com duas derrotas.

Já Baltimore conta com o atual MVP, que prova a cada jogo que é sim um bom passador, e possui matchup favorável contra uma secundária fragilizada dos Texans, podendo melhorar ainda mais suas estatísticas.

Portanto, o jogo não promete ser muito equilibrado, mas será possível ter uma ideia melhor do que esperar das duas equipes para o restante da temporada.

Redação Kickoff Brasil

Redação Kickoff Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: