Resumo MNF Semana 4 – Kansas City Chiefs x New England Patriots

A partida mais esperada da rodada teve sua narrativa alterada quando Cam Newton testou positivo para COVID-19. Assim, jogando com quarterbacks reservas, New England foi derrotado pelos Chiefs, mas a partida foi muito mais equilibrada do que parecem os números.

Primeiro tempo pouco movimentado

O temido ataque de Kansas City começou o confronto com um drive longo, mas tiveram que se contentar com um field goal na redzone. Durante todo o primeiro quarto, as defesas conseguiram dominar os ataques, e a próxima pontuação ocorreu apenas em seu minuto final. Após 3 campanhas seguidas com punts na partida, os Chiefs marcaram outro field goal e aumentaram a diferença para 6 pontos. 

Logo em seguida a diferença entre quarterbacks ficou nítida pela primeira vez. Brian Hoyer foi interceptado pelo safety Juan Thornhill na primeira jogada da campanha, e a bola voltaria para Patrick Mahomes. Entretanto, na segunda jogada do drive, o cornerback Stephon Gilmore forçou um fumble em Sammy Watkins, e New England recuperou a posse. Mostrando como deixar um grande quarterback fora de campo, os Patriots tiveram um drive de mais de 5 minutos, mas que também terminou em apenas 3 pontos. Em uma terceira descida, Patrick Mahomes sofreu um fumble ao ser derrubado, mas as zebras marcaram erroneamente o final de uma jogada que poderia ter mudado a partida. Em seguida ao punt dos Chiefs, Bill Belichick orquestrou novamente um longo drive, mas Hoyer foi sacado sem timeouts e os Patriots saíram sem pontuar.

Brian Hoyer, quarterback do New England Patriots
A partida foi definida pelas defesas. Créditos: (Jamie Squire)

Você não pode pará-los, apenas tentar contê-los

Já no segundo tempo, a partida teve mais ação. Mesmo começando com dois punts, a terceira campanha do terceiro quarto mostrou novamente como a diferença entre os quarterbacks iria decidir a partida. Em um drive de mais de SETE minutos, New England estava pela terceira vez na redzone, mas Hoyer sofreu um fumble e a bola voltou para os Chiefs. Então Patrick Mahomes não perdoou. Após começar a campanha precisando andar 85 jardas, os Chiefs marcaram o primeiro touchdown da partida com um passe para Tyreek Hill, abrindo a diferença para duas posses. 

Agora com o quarterback Jarrett Stidham em campo, os Patriots conseguiram responder com um touchdown em um passe para N’Keal Harry no fundo da endzone. Entretanto, no drive seguinte, Patrick Mahomes marcou mais um touchdown com um passe para Mecole Hardman, e a diferença seguiu sendo de duas posses. Todavia, foram os próximos dois drives de New England decidiram a partida. Na primeira jogada após o touchdown de Kansas City, Julian Edelman dropou um passe que foi interceptado por Tyrann Mathieu que a retornou para touchdown. Já no drive seguinte, depois de 11 jogadas dos Patriots, Stidham interceptado no fundo do campo, selando de forma definitiva o destino do confronto. Assim, o resultado ficou: Kansas City Chiefs 26 x 10 New England Patriots.

Clyde Edwards Helaire, running back do Kansas City Chiefs, correndo contra a defesa do New England Patriots.
Chiefs derrotam Patriots e seguem invictos na temporada. Créditos: (Jay Biggerstaff)

Algumas lições e estatísticas da partida

Bill Belichick continua um gênio: Patrick Mahomes teve apenas 3 primeiros tempos em sua carreira no qual não marcou um touchdown. Todos os três contra o New England Patriots. Belichick mostrou que, mesmo com desfalques e a derrota, ainda é o melhor técnico defensivo da NFL e pode fazer esse time dar trabalho.

Cam Newton faz muita falta: Após a saída de Tom Brady, muitos torcedores dos Patriots acreditaram que algum reserva, provavelmente Stidham, conseguiria continuar o legado do camisa 12. A partida de ontem deixou claro quem é o quarterback para o futuro de New England, e se Newton estivesse em campo o resultado poderia ter sido diferente.

Os Chiefs não são imbatíveis: Mesmo com a vitória, Mahomes e Reid sofreram para marcar contra a defesa de Belichick. Além disso, já é a segunda partida na qual os Chiefs quase deixam a vitória escapar. Continuam favoritos na AFC, mas esse time tem fraquezas.

Estatísticas:

Chiefs: 

Patrick Mahomes: 19/29 – 236 jardas – 2 TD – 0 INT

Clyde Edwards Helaire: 16 corridas – 64 jardas

Tyreek Hill: 4 recepções – 64 jardas – 1 TD

Patriots:

Brian Hoyer: 15/24 – 130 jardas – 1 INT

Jarrett Stidham: 5/13 – 60 jardas – 1 TD – 2 INT

Damien Harris: 17 corridas – 100 jardas

Damiere Byrd: 5 recepções – 80 jardas

Psicólogo da NFL

Psicólogo da NFL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: