Resumo – Jogos de Segunda feira – Semana 13

A rodada dupla de segunda-feira contou com uma grande vitória do Buffalo Bills e a queda do último invicto, o Pittsburgh Steelers.

Washington Football Team 23 x 17 Pittsburgh Steelers

Em excelente jogo defensivo, Alex Smith liderou o time de Washington a vitória e derrubou a invencibilidade dos Steelers. Primeiramente, para se ter ideia da força das defesas, a partida começou com 6 campanhas terminadas em punt. Assim, somente no meio do segundo quarto Pittsburgh conseguiu sair na frente com um touchdown de Diontae Johnson. O primeiro tempo se encerrou com os Steelers 11 pontos na frente do placar, após o QB de Washington sair com a bola de campo e forçar um atraso no relógio.

Entretanto, Washington marcou um touchdown na primeira campanha do segundo tempo e reduziu a diferença. Além das duas defesas estarem fazendo um ótimo jogo, os recebedores de Pittsburgh tiveram a partida com mais drops na temporada até aqui. Dessa forma, o time da capital se aproveitou das falhas do ataque adversário para passar a frente do placar. É válido mencionar que Antonio Gibson saiu machucado da partida, e Terry McLaurin foi muito bem anulado pela defesa, o que levou o time a utilizar mais outros alvos, e tornou a vitória ainda mais impressionante. Por fim, Big Ben teve a chance de virar o jogo, mas a defesa adversária apareceu e interceptou o quarterback, acabando com a temporada perfeita dos Steelers.

Buffalo Bills 34 x 24 San Francisco 49ers

Josh Allen's 4 TDs lifts Bills to 34-24 win over 49ers, Buffalo improves to  9-3 após partida.
Josh Allen faz partida excelente. Créditos: Christian Petersen/Getty Images

Antes de mais nada, o Buffalo Bills estaria 10-2 se não fosse a “Hail Murray” no último lance da partida contra Arizona. No Monday Night Football, Josh Allen teve grande atuação e garantiu sua equipe na liderança da AFC Leste, enquanto San Francisco se afasta na briga pela pós-temporada.

O quarterback de Buffalo terminou a partida com 32 passes completos de 40 tentados, 375 jardas, 4 TDs e 0 INTs. Sua conexão com Cole Beasley e Stefon Diggs funcionou muito bem, resultando em 222 jardas e 1 touchdown. Além disso, a defesa interceptou Nick Mullens em duas campanhas e ajudou a equipe a selar uma vitória que nunca esteve fora do controle dos Bills.

Já sobre os 49ers, Kyle Shanahan mostrou mais uma vez que é um grande treinador por conseguir produzir com esse elenco desfalcado de San Francisco. Entretanto, o time possui suas limitações e não conseguiu competir com os Bills na partida, mesmo tendo começado na frente. O quarterback Nick Mullens teve seus bons momentos, mas também mostrou limitações e minou as chances de vitória da equipe. Além disso, o jogo terrestre produziu apenas 86 jardas, determinante para o resultado da partida, e por fim reduzindo as chances de San Francisco chegar aos playoffs mesmo sem Garoppolo e Kittle.

Psicólogo da NFL

Psicólogo da NFL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: