Steelers vencem os Giants no primeiro Monday Night Football de 2020

A primeira semana de uma temporada bem atípica foi encerrada. E no primeiro jogo do primeiro MNF os Steelers conquistaram uma vitória contra os Giants fora de casa. A partida ofereceu vários momentos de emoção, porém o resultado final foi o esperado por todos.

Benny Snell carries against the Giants defense Monday.
A ascensão de Benny Snell? (Créditos: Al Bello/Getty Images)

O visitante

Pittsburgh veio para partida ansioso para o retorno do seu QB Ben Roethlisberger e esperando mais uma atuação forte de sua defesa. E os torcedores não saíram decepcionados com o que viram.

Mesmo com seu RB James Conner sofrendo uma lesão no início da partida, o ataque conseguiu marcar em cima da defesa dos Giants. Um ponto de preocupação é sua linha ofensiva, que sofreu bastante com o pass rush de New York (que não é o ponto forte da equipe). Mesmo assim, ao longo da partida os bloqueios para o passe e corrida melhoraram, com Big Ben tendo tempo para lançar e o RB Benny Snell com uma excelente partida (113 jardas em 19 corridas).

A defesa mostrou para o que veio. Em uma atuação esplendorosa do front seven, os Steelers simplesmente anularam o jogo terrestre de NY e aplicaram muita pressão em Daniel Jones. As jogadas de destaque são os dois turnovers forçados, uma interceptação incrível de TJ Watt e outra jogada de pressão do LB Bud Dupree, que resultou na interceptação de Cameron Heyward e acabou com uma campanha incrível do ataque adversário.

Steelers Home | Pittsburgh Steelers - Steelers.com
A jogada que selou a vitória (Créditos: Steelers)

O mandante

Os Giants iniciaram a era Joe Judge com uma derrota. A vitória contra a forte equipe dos Steelers não era esperada, porém alguns momentos fez os torcedores relembrarem dos fracassos dos anos recentes.

O jogo terrestre foi aniquilado pela cortina de ferro dos Steelers. O RB Saquon Barkley, a grande estrela do time, foi limitado a 6 jardas em 15 corridas. Em 8 dessas corridas, os bloqueios foram inexistente e resultaram em tackles atrás da linha de scrimmage. Com o ataque em modo unidimensional e perdendo o jogo, o trabalho da defesa adversária ficou mais fácil.

O destaque positivo vai para o segundo anista WR Darius Slayton, que desde quando estreou na NFL, é o jogador com mais TDs recebidos (10 TDs). Ele e o QB Daniel Jones parecem ter uma sincronia incrível, com potencial para virar um combo de QB-WR espetacular. 

Os turnovers foram os culpados pela derrota de NY. A defesa apareceu em momentos importantes (menos da última campanha do segundo quarto) e ofereceu oportunidades para o ataque vencer o jogo. Porém, duas interceptações minaram campanhas cruciais dos Giants, principalmente a segunda interceptação. Em uma campanha de 8:50 e 19 jogadas, quando Pittsburgh vencia por uma posse de bola, o QB Daniel Jones protagonizou uma jogada bizarra e lançou a bola no colo de Cameron Heyward.

Para ficar de olho

Na próxima semana, o New York Giants vai a Chicago jogar contra o Bears. O time passará a semana olhando seus erros, principalmente para corrigir os problemas no jogo terrestre.

Já o Pittsburgh Steelers faz sua estreia em casa em um Heinz Field sem torcedores. A equipe enfrentará o Denver Broncos, que saiu derrotado no segundo jogo do MNF, e busca ampliar sua sequência de vitórias contra um rival na AFC.

Redação Kickoff Brasil

Redação Kickoff Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: