O Arizona Cardinals atropela e vence o Monday Night Football

No segundo jogo da rodada dupla extraordinária de Monday Night Football, aconteceu uma coisa ruim lá em “Cowboys” e o problema não foi a atuação dos Cardinals. Arizona venceu por 38 a 10 e a primeira fase do experimento Andy Dalton como titular foi um fracasso.

A expectativa dos mandantes era que seu reserva veterano de muitos anos na liga comandasse o ataque, mas o resultado foi totalmente diferente. O QB teve uma atuação péssima (o que foi padrão em seus anos jogando Primetime com os Bengals) e não conseguiu produzir absolutamente nada.

O Mandante

Uma atuação para se esquecer de Andy Dalton (Créditos: Tim Heitman – USA Today Sports)

Dallas entrou na partida apenas 2-3 na temporada, com uma das piores defesas da liga e o ataque sem seu QB titular. O que poderia dar errado? Absolutamente tudo. Os 25 mil torcedores que compareceram ao AT&T Stadium assistiram uma das piores atuações dos Cowboys nos últimos anos.

Mesmo sem Dak, Dallas ainda tem Ezekiel Elliot e um excelente grupo de WR’s. No entanto, seu RB sofreu dois fumbles no primeiro tempo e o jogo aéreo foi simplesmente inexistente durante toda a partida.

A defesa teve um início regular de partida, mas não aguentou a pressão de Arizona. Foram 2 fumbles, 2 INT, 3 punts e 1 FG errado. O ataque não ajudou nem um pouco, o que facilitou o trabalho de Kyler Murray e seus comandados.

O Visitante

Budda Baker teve uma atuação memorável (Créditos: Christian Petersen/Getty Images)

Arizona foi para o jogo com uma grandíssima oportunidade de conseguir uma valiosa vitória fora de casa. Com a ausência de Dak Prescott, a defesa dos Cardinals viu seu trabalho facilitado. Liderados por uma atuação sensacional do S Budda Baker (1 INT, 1 sack e 7 solo tackles) os defensores da “Bird Gang” voaram em campo. O jogo terrestre de Dallas não funcionou inicialmente, com Zeke sofrendo 2 fumbles, e Dalton não conseguiu conectar com seus recebedores.

Com isso, Kyler Murray teve uma atuação normal, mas que foi mais do que o suficiente para garantir a vitória. Foram apenas 9 passes completados para 188 jardas e 2 TD’s. Entretanto, foi correndo com a bola que a vitória foi sacramentada. O RB Kenyan Drake teve 20 carregadas para 164 jardas (8,2 jardas de média) e 2 TD’s e também contou com Murray, que colaborou com mais 10 carregadas e 70 jardas (7 jardas de média) e 1 TD.

O que vem por aí

O Dallas Cowboys (2-4) vai até o FedEx Field enfrentar o rival Washington Football Team (1-5). Com uma divisão tão fraca, garantir uma vitória é absolutamente essencial para qualquer pretensão de playoffs. Já os Cardinals (4-2) jogam em casa contra o líder da NFC West o Seattle Seahawks (5-0) em uma partida que vale muito para ambos os times em uma divisão que promete ser uma das mais competitivas da liga.

Alberto Torres

Alberto Torres

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: