Pós MNF: Los Angeles Chargers x New Orleans Saints

Em partida decidida na prorrogação em uma jogada defensiva, New Orleans volta a ter um recorde positivo na temporada e vence a franquia de Los Angeles por 30 a 27. O jogo marcou o que pode ser o último Monday Night Football de Drew Brees, sendo contra o time em que foi selecionado no draft de 2001.

Chargers Home | Los Angeles Chargers - chargers.com
Mike Nowak/Los Angeles Chargers

Chegando a estar atrás do placar por 20 a 3, a equipe conseguiu colocar o ritmo necessário para voltar para o jogo. Drew Brees em uma campanha com passes rápidos, que finalizou com um TD terrestre do QB, colocou o time em posição de empatar. Após isso a defesa teve boas campanhas e distribuiu bem as marcações para parar o que poderia ser uma noite de gala do calouro Justin Herbert.

O QB dos Chargers começou com tudo contra os Saints, explorando os buracos da secundária, ele fez passes profundos e deixou expostos as fraquezas que o time adversário possuía em parar o jogo aéreo. Mas no fim, isso não foi o suficiente. Os ajustes foram eficazes e a linha defensiva de New Orleans ficou mais sólida e pressionou com mais qualidade o QB.

Porém foi em um field goal perdido no final do último quarto, que a esperança dos Saints começaram a surgir.

Top 25 Saints of 2020: No. 15, Wil Lutz
Photo By John Hendrix/New Orleans Saints

Wil Lutz mais uma vez foi o ponto decisivo para os Saints. O kicker que mantém uma consistência absurda nos últimos anos, fez o field goal que colocou o time na frente, porém foi o tackle de Lattimore que decretou a conclusão do jogo. Em um confronto bem disputado, equilibrado nas trincheiras e de bom cuidado com a bola oval, os Saints seguem na busca do título da divisão e os Chargers somam 4 derrotas e 1 vitória na temporada.

Justin Herbert, que vem mostrando um potencial enorme para a equipe, segue tentando mostrar produtividade, que relativamente está conseguindo colocar, porém as vitórias não estão vindo. E isso podemos colocar na taxa de evolução do novato, que comete erros básicos, mas em contraponto, é um dos jogadores mais explosivos de sua classe.

Article Categories:
Resumos

Jornalista em formação. Produtor de conteúdo esportivo e redator de esportes americanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: