Prévia – New Orleans Saints vs Minnesota Vikings

Nesse confronto que possui uma bagagem histórica interessante, o time dos Saints chega com duas derrotas consecutivas, além de estar sem o principal recebedor até os playoffs, Michael Thomas. Pelo lado dos Vikings, a vaga para a pós-temporada é praticamente nula e a equipe se vê com uma inconsistência há algum tempo. Inconsistência essa que é resultado de decisões e acasos da franquia, que refletem dentro de campo.

New Orleans Saints

Eles que batalham pra ter a folga na primeira semana da pós-temporada, precisam recuperar o ritmo da sequência que colocaram no início. Drew Brees está de volta (não 100%) e agora o time pode exercer o ataque que tanto conhecemos e estamos acostumados. Sean Payton conseguiu comandar ótimas partidas na ausência do principal QB do elenco, porém, após duas derrotas (Eagles e Chiefs), precisa enquadrar o sistema de jogo da equipe.

Drew Brees injury: Saints QB has multiple rib fractures, collapsed lung,  pushing him to I.R. - DraftKings Nation
Drew Brees ficou 4 semanas sem jogar por New Orleans (Photo by Chris Graythen/Getty Images)

Os Saints possuem no momento uma das 5 melhores e mais agressivas defesas de toda a NFL. Uma linha de LB’s sólida e uma secundária que evoluiu durante a temporada, que é a 5° melhor da liga. Peças como o CB Lattimore, o LB DeMario Davis e Trey Hendrickson, da DL, foram fundamentais para o aprimoramento e adaptação do elenco. A consistência que hoje apresentam é a principal chave para o sucesso.

Entretanto, sem Michael Thomas, Brees terá que passar novamente pelo que passou no início desta temporada. Acionando Kamara, que ainda é concorrente a jogador ofensivo do ano, Jared Cook e Emmanuel Sanders cada vez mais. A versatilidade será crucial para a vitória nesta sexta-feira às 18h30.

Minnesota Vikings

Dificilmente vamos falar dessa equipe sem citar quem pode terminar a temporada sendo o calouro ofensivo do ano. Justin Jefferson mostra lapsos de um WR do mais alto nível, ao produzir com eficiência e quebrar recordes da franquia de nomes como Randy Moss, um dos melhores da posição em todos os tempos.

Vikings rookie Justin Jefferson introduces Twins Cities to new dance move:  The Griddy
Jefferson possui 1,484 jardas recebidas na temporada (Photo by John Autey / Pioneer Press)

Dalvin Cook é mais um pilar do volume que esse time traz, em que lidera a liga ao lado de Derrick Henry com 15 TD’s terrestres. O time, mesmo não tendo uma das defesas mais consistentes da NFL, consegue reverter a situação com esse arsenal ofensivo, que é digno de análises mais profundas, se formos olhar cada ponto individualmente e em como podem funcionar no coletivo.

Já pelo alto, o QB Kirk Cousins ainda é um dos mais irregulares entre os titulares, porém, quando acha o ritmo de seu jogo, consegue ser eficaz e distribuiu a bola muito bem. O problema vai ser achar uma maneira de fazê-lo contra uma das melhores secundárias da NFL. Contudo, contra os Saints, principalmente nos últimos 3 anos, o torcedor possui boas lembranças das partidas.

Article Categories:
Prévias

Jornalista em formação. Produtor de conteúdo esportivo e redator de esportes americanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: