Prévia SNF: Cleveland Browns vs New York Giants

Precisando alcançar a vitória para tirar os Ravens da cola na divisão, os Browns enfrentam o time dos Giants, que mesmo se firmando como uma das equipes mais irregulares da NFL, pode deixar o jogo interessante neste domingo. Apesar da temporada atípica, ambas as equipes não fugiram muito do que se esperava no início. Mesmo com as contusões e dúvidas que circulavam tanto Cleveland, quanto os Giants, o retrato da temporada talvez já esteja sendo definido. Porém, a conclusão ainda está por vir.

Cleveland Browns

Reacting to the Cleveland Browns final 53-man roster for 2020 | PFN
O time possui 9 vitórias na temporada
Photo By Sam Penix

Vindo do que até agora foi o melhor jogo da temporada, a franquia de Cleveland mesmo com os problemas na secundária, mostra um teto de produção e uma forma inteligente de usar as peças disponíveis. Kevin Stefanski conseguiu implementar um sistema onde a distribuição da bola ficou equilibrada e difícil de ser contida.

Eles são a 6° equipe que mais usa play action com 30.3%. E nesse aspecto, a eficiência de Baker é elevada. Mas, isso deve-se ao impacto que o jogo terrestre possui no estilo do time, sendo a 3° equipe que mais produz jardas terrestres por jogo com 156.2. Contudo, Baker Mayfield vem de duas semanas seguidas com uma boa porcentagem de volume e eficiência no passe. O jogador se habituou ao sistema de Stefanski e finalmente mostra traços do jogador que foi em Oklahoma.

New York Giants

New York Giants sticking with Daniel Jones in 2020 and beyond
Photo by Justin Casterline/Getty Images

Fazendo parte da NFC East, uma das divisões mais controversas da NFL, o time consiste em ter um dos piores ataques da liga, mas ainda com chances reais de playoffs. Daniel Jones ainda precisa estar tirando leite de pedra pra produzir, entretanto, o jogo terrestre do time é o ponto forte dos Giants e quanto mais volume, mais chances de vitória. Pelo menos é isso que vimos até agora na temporada.

A defesa como um todo é interessante, com defeitos, mas interessante. Ela pode trazer um pouco de pressão ao adversário e evitar o jogo corrido, que é o forte de Cleveland. A fórmula é tentar Baker passar mais a bola e evitar que Nick Chubb e Kareem Hunt peguem muito na bola. Dessa maneira, as chances de New York sair vitorioso aumentam.

Davi Alves

Davi Alves

Jornalista. Redator de esportes americanos pelo Esportudo, Torcedores.com, Kickoff Brasil, Cover Football e Cover Basketball.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: