O Chicago Bears busca sinal de vida contra o Green Bay Packers!

É Sunday Night Football e teremos uma batalha pelo Norte. Os Bears, que em um momento da temporada tinham o melhor recorde da conferência, estão numa espiral de decadência. Já os cabeças de queijo, que no momento são líderes da divisão, tiveram algumas atuações inconsistentes nas últimas semanas.

O visitante

A defesa dos Bears é uma das melhores da liga (Créditos: Chicago Bears)

Chicago vem de uma sequência de 4 derrotas seguidas e enfrenta seu maior rival no primetime com uma troca de QB’s. É, só isso. Depois de ser bancado no começo do ano, Mitch Trubisky volta ao comando do ataque já que Nick Foles está machucado (e também não estava dando conta do recado).

O ataque vem jogando mal o ano todo e muitas críticas já foram feitas ao HC Matt Nagy. Com atuações muitas vezes horríveis dos QB’s, um jogo terrestre fraquíssimo e muitas chamadas extremamente estranhas, não é por menos que o sonho de playoffs está cada vez mais distante.

Após um início de temporada que viu a equipe liderar a NFC com um recorde de 5-1, muitos achavam que só com sua impressionante unidade defensiva os Bears poderiam ser uma força na conferência. Porém, não foi isso que aconteceu e a equipe se vê em um péssimo momento e com diversos jogos contra seus rivais da NFC Norte pela frente. Chicago precisa que os ventos voltem a soprar a seu favor.

O mandante

Aaron Rodgers se prepara para mais um embate contra os Bears (Créditos: Evan Siegle/packers.com)

Green Bay se prepara para o jogo após uma derrota dolorida contra os Colts. Em uma partida que os Packers apresentaram domínio em diversos momentos, o desfecho deixou um gosto amargo na boca de todos. Mas, nada melhor que uma vitória contra seu maior rival para elevar os ânimos e dar mais um passo em direção a mais uma pós-temporada.

O ataque comandado pelo lendário Aaron Rodgers raramente tem uma partida ruim. A conexão dele com Davante Adams é impressionante e, mesmo com um grupo de WR’s mais fraco, o ataque aéreo produz com facilidade. O ataque terrestre não é tão bom, mas provém uma boa ajuda para seu QB.

A grande preocupação reside na defesa, principalmente em parar o jogo terrestre adversário. Nas 3 derrotas que Green Bay sofreu no ano (Bucs, Vikes e Colts) os adversários atropelaram e deram ré. Essa é uma questão que pode ser um grande problema nos playoffs, mas talvez nem tanto contra os Bears, que possuem um ataque terrestre muito ineficiente.

O que esperar enquanto você espera o dia todo pelo SNF

Green Bay joga em casa, vem em um momento melhor e tem um elenco mais completo. Mas, nunca temos garantias em jogos de divisão, que normalmente são mais apertados do que teoricamente deveriam ser. A não ser que Trubisky jogue como nunca jogou, os Packers terão uma oportunidade ótima para afundar mais ainda os Bears.

Alberto Torres

Alberto Torres

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: