Prévia do Monday Night Football – Tennesse Titans x Denver Broncos

Este texto foi produzido pelo nosso redator Guilherme Lorenzini (@WilsonTatico, no Twitter).

A NFL finalmente está de volta e com ela o primeiro MNF da temporada. Como acontece em todos anos, na semana 1 teremos dois jogos: no primeiro horário da noite teremos Pittsburgh Steelers e New York Giants, mais tarde Tennessee Titans e Denver Broncos se enfrentam fechando a primeira semana de jogos da temporada regular. Aqui vai uma prévia do que esperar desse jogo.

Os Titans vem com sangue nos olhos. Depois de surpreender a todos e chegar na final de conferência da última temporada, Derrick Henry e companhia entram em campo tentando repetir a campanha positiva do último ano. Do outro lado, Os Broncos vem de uma temporada abaixo do esperado, novamente. Denver passou por um festival de Quarterbacks no último ano, mas Drew Lock começa o ano como titular e é aposta de John Elway para levar os Broncos de volta aos playoffs.

Drew Lock devidamente municiado para ter sucesso!

É a hora de Drew Lock mostrar a que veio na NFL.

Muita confiança foi depositada em Lock nessa offseason. Depois de assumir o time nas últimas 5 partidas da última temporada e conseguir um record de 4-1, Lock ganhou o direito de ser o titular de Denver na nova temporada e John Elway não poupou dinheiro ou capital de draft para ajudar o segundo anista.

Já tendo nomes como Phillip Lindsay, Courtland Sutton e Noah Fant em seu ataque, os Broncos trouxeram o RB Melvin Gordon via free agency. Via draft, selecionaram os WR’s Jerry Jeudy e K.J. Hamler, o C Lloyd Cushenberry, o G Netane Muti e o TE Albert Okwuegbunam, companheiro de college de Lock em Missouri.

Mas para o jogo dessa segunda-feira, Lock terá problemas. Courtland Sutton lesionou o ombro em um treino e seu status para o jogo é questionável. Já K.J. Hamler que vem lidando com uma lesão muscular, tem o status como questionável, mas dificilmente deve jogar.

Mesmo com todas essas armas que Denver trouxe para ajudar Lock, eu teria mais calma com o segundo anista, o espaço amostral dele na NFL é muito pequeno e o hype muito grande, já vimos situações parecidas não dando tão certo como era esperado. Sem contar que Lock terá mais um grande problema, a OL dos Broncos está longe de ser confiável e isso não deve ajudar o QB, ainda mais enfrentando uma defesa qualificada como a dos Titans.

Titans: One Year Wonder?

Os Titans surpreendem e desbancam os Ravens de Lamar Jackson nos playoffs da última temporada.

Depois de uma temporada de 2019 surpreendente, indo para os playoffs e derrubando Patriots e Ravens fora de casa, os Titans entram nessa nova temporada tentando mostrar que são capazes de serem competitivos novamente e que 2019 não foi só um ponto fora da curva.

Depois de levarem o time a pós temporada, Ryan Tannehill e Derrick Henry ganharam contratos novos nessa offseason. Henry foi merecedor do contrato que recebeu, depois de liderar a liga em jardas terrestres e ser 80% do ataque dos Titans, seria burrice não pagar o RB. Já o contrato de Tannehill não me agrada, ele foi eficiente na última temporada e não comprometeu, por mais que isso seja bom, não vale tudo que os Titans decidiram pagar. Tannehill teve o trabalho simplificado pela produção de Henry e a colaboração do WR A.J. Brown e a emergência do TE Jonnu Smith, boas armas que o ajudaram a fazer o suficiente para ganhar. Porém, na final de confêrencia, a defesa dos Chiefs fez um trabalho maravilhoso parando Henry e Tannehill sozinho não foi capaz de ganhar o jogo no braço.

Os Titans sofreram algumas perdas consideráveis nessa free agency: Logan Ryan, Wesley Woddyard, Jack Conklin, Tajae Sharpe, Delanie Walker, Dion Lewis entre outros não voltam para o time em 2020. Jurrell Casey também não volta para o time, mas pelo fato de ter sido trocado para os Denver Broncos, coincidentemente o adversário dos Titans no primeiro jogo do ano.

Via draft, Tennessee trouxe nomes como Isaiah Wilson, Kristian Fulton, Darrynton Evans, etc. Na minha opinião, foi um péssimo draft por parte dos Titans, Wilson não tinha valor de primeira rodada e pra mim foi um erro ter sido selecionado, sem contar que ainda tinham nomes melhores da posição disponiveis.

Via free agency, Titans assinou com poucos nomes, os principais sendo Vic Beasley Jr. e Jadeveon Clowney, que assinou com o time na última semana, acabando com uma das novelas mais longas dessa offseason.

Matchups para ficar de olho!

Lock provavelmente vai jogar sem dois de seus WR titulares e isso pode ser um problema, considerando que os Titans tem uma defesa sólida em todos os níveis e secundária com bons nomes, como Kevin Byard, Kenny Vaccaro, Adorre Jackson e Malcom Butler. É a hora do segundo anista assumir a responsabilidade e liderar esse time a vitória, não cometer turnovers é o primeiro passo pra isso. Phillip Lindsay e Melvin Gordon precisam contribuir no jogo terrestre pra tirar toda a pressão de cima do QB.

O duelo entre o pass rush de Tennessee e a proteção da OL de Denver deve ser outro ponto importante nesse jogo. Já comentei que essa OL está longe de ser a ideal, na minha visão é uma das 10 piores da liga e já na primeira semana vai enfrentar um time com bons nomes no pass rush, como Harold Landry, Vic Beasley e Jadeveon Clowney. Se Denver quiser ganhar, precisa neutralizar o pass rush e proteger Drew Lock.

A defesa dos Broncos é uma unidade que me agrada bastante, mesmo com a perda de Von Miller, o pass rush de Denver deve continuar eficiente, tendo Jurrell Casey e a volta de Bradley Chubb, que perdeu a última temporada inteira por lesão. A secundária dos Broncos também é uma unidade bem forte, Justin Simmons e Kareem Jackson formam uma das melhores duplas de safeties da liga, sem contar na adição do cornerback A.J. Bouye. Mas a tarefa de parar Derrick Henry é muito mais dificil do que se pensa, a vitória de Denver passa pela forma que a defesa vai lidar com o RB. 

A batalha entre head coaches também é algo para ficarmos de olho. Mike Vrabel mostrou muita qualidade na última temporada, montando um time capaz de desbancar até o poderoso Ravens. Vic Fangio vem para sua segunda temporada no comando dos Broncos e podemos esperar uma evolução, apesar de ser uma mente defensiva, Fangio tem nas mãos um ataque cheio de potencial que pode fazer a diferença para esse time.

Redação Kickoff Brasil

Redação Kickoff Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: