Giants vs Steelers: A volta do MNF!

* Esse texto foi produzido pelo nosso redator Alberto Torres (@albertorresjr, no Twitter).

A partir de agora há um motivo para comemorar por ser segunda-feira: a volta do Monday Night Football. E, nessa primeira semana, teremos rodada dupla!

No primeiro jogo os Pittsburgh Steelers vão ao Metlife Stadium para enfrentarem o New York Giants. É uma partida importantíssima para ambas as equipes (assim como todas as aberturas de temporada), já que as duas não foram aos playoffs na temporada passada. Um detalhe importante é que essa partida não terá a presença dos torcedores, por conta da pandemia de COVID-19.

A expectativa de Pittsburgh

O retorno de Big Ben (Crédito: Steelers Wire)

Depois de terminar a temporada 8-8 e fora da pós-temporada, a expectativa em Pittsburgh é que o time seja um dos favoritos na AFC e muitos aspectos apontam para essa possibilidade. O retorno do QB Ben Roethlisberger é o ponto principal que os torcedores estão ansiosos para acompanhar. Na temporada passada, onde qualquer pedestre tinha a chance de ser o QB titular dos Steelers, a equipe engatou uma ótima sequência de vitórias na metade da temporada, mas acabou vendo os playoffs escaparem das mãos nos últimos jogos. Big Ben parece totalmente recuperado de sua lesão, em boa forma e cheio de vontade de comandar seu time nesse fim de carreira. 

Mesmo com o ataque vindo forte com a volta de seu comandante, a defesa de Pittsburgh merece muita atenção. Em todos os níveis o grupo é excepcional e ancorado por grandes jogadores. Sua linha defesa é excelente em sacar o QB e contra o jogo terrestre, contando com nomes como TJ Watt e Cameron Heyward. O grupo de LB’s é incrivelmente atlético, uma tendência do time nos últimos anos, e liderado por Bud Dupree e Devin Bush. Além disso, a secundária recebeu um reforço excepcional na temporada passada com a chegada de Minkah Fitzpatrick e é um dos melhores grupos da liga.

Mais um recomeço nos Giants 

Daniel Jones é o QB do futuro da franquia? (Crédito: Forbes)

Mais uma intertemporada completamente aloprada assolou os Giants. Teve jogadores se envolvendo em problemas com a lei, troca de comissão técnica e questionamentos com o draft. A pressão nesse ano está no calouro HC Joe Judge e do já muito questionado GM Dave Gettleman.

Na temporada passada a equipe terminou 4-12, o que culminou na demissão de Pat Shurmur. Os problemas estavam em todos os lados: Eli Manning ou Daniel Jones, lesões, questionamentos sobre a comissão técnica e a falta de talento. Eram muitas questões para serem respondidas em somente uma intertemporada e o time começará essa ainda com a desconfiança da torcida.

Sem a pré-temporada e com um HC calouro, é difícil imaginar qual estilo de jogo a equipe terá. No ataque, Daniel Jones entrará em seu segundo ano na liga tendo que melhorar muitos pontos em seu jogo para provar que pode ser o signal caller da equipe de NY. O corpo de recebedores está longe de ser elite e provavelmente a grande carga do ataque passará pelas mãos do RB Saquon Barkley.

A defesa é o grupo mais preocupante. A pressão no QB adversário foi ruim ano passado e, mesmo assim, não chegou nenhum grande atleta para renovar as esperanças. Os LB’s são medianos e a secundária passou por diversas reviravoltas. James Bradberry e Logan Ryan chegaram como reforços, porém DeAndre Baker (escolha de primeira rodada em 2019) foi dispensado.

O Confronto

Os Steelers levam aparente vantagem em todos os confrontos na partida. Seu ataque é dinâmico, conta com bons recebedores e seu QB titular de volta, e enfrenta uma defesa que tem muito a provar. Já o ataque de NY enfrenta uma defesa que tem potencial para ser uma das melhores da liga por mais uma temporada. A previsão é que os Steelers iniciem com vitória sua campanha em busca dos playoffs, enquanto os Giants abrem a temporada com derrota, algo que já virou tendência para a equipe nos últimos anos.

Article Categories:
Prévias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: